mensagem



Este blog tem como objetivo ampliar e qualificar o debate da questão racial e a luta em busca da igualdade social.




sábado, 10 de março de 2012

MARTINHO E VILA ISABEL, DISCRIMINAÇÃO NA AVENIDA






Comentário de JAMAHIRIYA.LIBYA@BOL.COM.BR ontem
Rei Martinho Ganga Zumba da Vila?
Movimentos negros brasileiros fizeram protestos de desagrado contra famoso cantor e sambista Martinho da Vila, do Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos de Vila Isabel uma das mais importantes do carnaval brasileiro, escola de samba do Carnaval Brasileiro e em 2012, com o enredo “Você Semba Lá… Que Eu Sambo Cá. do povo brasileiro) que nos versos O Canto Livre de Angola!”. Com uma exaltação maravilhosa a ANGOLA a pátria mãe da maioria (54% tem sangue africano-angolano em nossas aveias. Samba Enredo da Vila Isabel(Vibra, oh, minha Vila A tua alma tem negra vocação/Somos a pura raiz do samba/Bate meu peito à tua pulsação/Incorpora outra vez kizomba e segue na missão/africano ecoando, solo feiticeiro/Na cor da pele, o negro/Fogo aos olhos que invadem/Pra quem é de lá/ Forja o orgulho, chama pra lutar). Viva o povo de Angola e o negro rei Martinho enaltece e valoriza a cor negra e sua grande contribuição para este País, com a maior festa popular do Mundo que é o desfile das Escolas de Samba do Rio Janeiro e fala Rainha Ginga a Tia Ciata, numa beleza de espetáculo que emociona o povo e a gente, nota 10 para Vila Isabel e nota Zero O para Presidente Wilson Vieira Alves a carnavalesca Rosa Magalhães e principalmente o Presidente de Honra: Martinho José Ferreira o “Martinho da Vila” que se negaram a ouvir e atender as reclamações dos milhares de emails, cartas e ligações telefônicas e celulares para sensibilizar esses dirigentes. que seria um desprestígio para comunidade negra feminina serem excluídas as frente da bateria da Vila Isabel colocando uma rainha nipo brasileira (japonesa) e uma musa loira, com respeito a elas mas porque não por uma negra também e por coerência ao enredo exaltava a raça negra e negritude cultural África Angola Brasil. Apesar de esforços não foram suficientes para conscientizar estes dirigentes é lamentável que as crianças a juventude a mulher afro brasileira sofram estes preconceitos excluídas marginalizadas , humilhadas por aqueles que dizem ser defensores e nossos ídolos Martinho da Vila é uma vergonha e covardia , muito obrigado pelo desserviço ao resgate e valorização da raça negra.Rei Martinho Ganga Zumba da Vila? Mariana Benedita dos Santos ,Negra Bene. mariana.jornalista@yahoo.com.
ORIDEM:CORREIO NAGÔ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário